AJUDANDO SERÁS AJUDADO

 


 
 
  Notícias.
  Sobre Nós.
  Localização.
  Corpos Directivos.
  Consultas.
  Prevenção.
  Plano Acção 2005.
  Relatório 2004
  Carta Europeia do Alcool.
   
   
   

 

 

 


 

 


Ricardo Trigueiro 2002
www.super.web.pt 


Relatório de Actividades 2004


1.Introdução

A Sociedade Anti-Alcoólica Portuguesa tem continuado a dedicar em exclusivo toda a sua acção na AJUDA, Recuperação e  promoção da Profilaxia do alcoolismo e suas consequências, em Portugal. Mantém as suas portas abertas a todos os seres humanos, homens e mulheres que, todos os dias, se lhe dirigem em busca  do tratamento clínico, da ajuda humanitária e da integração no ambiente familiar, profissional e social que o álcool vitimizou.

Todos nós conhecemos que a doença do Alcoolismo afecta o próprio, bem como toda a família, acarretando danos bio-psico-sociais, e que provoca dependência física e psíquica.

Na SAAP, nunca perdendo de vista o seu lema sempre original, AJUDANDO SERÁS AJUDADO, vive-se constantemente a  ambição  de retribuir aos nossos doentes, sócios e amigos a total capacidade de viver feliz sem álcool, com acções positivas, em Solidariedade, e Calor Humano e com verdadeiro espírito de Voluntariado.

2.Conta Comigo

O Órgão Oficial da Sociedade Anti-Alcoólica Portuguesa - “CONTA COMIGO”- manteve a sua perfeita publicação dedicada aos estimados sócios e amigos, ao longo do ano em causa “2004”. Continuou a sua habitual divulgação e informação dos problemas ligados ao álcool, potenciando sempre  as comunicações de interesse para a SAAP. As despesas de Impressão e Expedição tem aumentado, o que nos levou a reduzir o número de páginas. A Ajuda dos nossos colaboradores constituiu também um grande apoio na edição dos vários números ao longo do ano. Esperamos que nos anos vindouros se mantenha idêntico interesse.

3.Atendimento/Serviço Social

As consequências do Alcoolismo são cada vez em número mais elevado em Portugal. Por essa razão é necessário que se tomem medidas urgentes para reduzir o consumo de álcool, e implementar os meios ao nosso alcance, no domínio da educação nas escolas, da Prevenção na Saúde Pública, nos meios sociais, nos Centros de Saúde, nas Associações, junto das Ordens e dos Sindicatos, e no público em geral.

Em 2004, o telefone da SAAP não se cansou de tocar, eram pedidos de Ajuda, em verdadeira aflição, e até mesmo em SOS, de casos verdadeiramente graves, graças à mensagem da SAAP inserta nas páginas da PT. Toda a gente nos bate à porta, pessoalmente ou por telefone, registámos, em 2004, números extraordinários: 670 telefonemas (contactos aproximados), cerca de 311 contactos pessoais (familiares e amigos). Atendemos um sem número de pessoas que não quiseram identificar-se, principalmente senhoras, por vergonha de se darem a conhecer – o álcool é assim, um ser envergonhado, que cria as suas vítimas, mas não se identifica com elas. Deixa-as, na maior parte das vezes na “lama”, sem as conhecer..., nem as Ajudar. Eis a razão da existência da Sociedade Anti-Alcoólica Portuguesa!

Oportunamente deixou de colaborar na SAAP como Psicóloga Clínica, a Dra. Suzana Romeiro, por impossibilidade da efectivação da Supervisão na área de Psicologia Clínica. Na SAAP deixou de prestar a sua colaboração a Dra. Madalena Reis, que iniciou com contrato eventual de 1 de Outubro de 2003 e terminou a 30 de Setembro de 2004.

3.1. Alcoologia

Referem-nos os Estatutos da SAAP que “pode a Associação coadjuvar os  serviços públicos competentes e outras instituições ou entidades em espírito de interajuda, solidariedade e colaboração, em trabalho exclusivamente social, sem fins lucrativos”. Efectivamente, tem sido a função a 100% da SAAP AJUDAR, contribuindo, para diminuir o número cada vez mais aumentado de alcoólicos em Portugal. Temos apoiado os doentes alcoólicos (homens e senhoras) nas nossas consultas de Alcoologia/Psiquiatria: Dra Maria Antónia Frasquilho – 57 consultas (desde 01/03/2004); Dra. Tereza Sá Nogueira -  26 consultas (desde 19/10/2004), o que denota um bom e efectivo serviço da SAAP à causa da Saúde Pública, não só em Lisboa, como em Portugal – procuram-nos doentes, familiares e amigos de todo o País... principalmente da zona Centro e Sul.

Quanto a internamentos, felizmente que só tivemos necessidade de internar dois doentes: felizmente também que, como é hábito e tradição da Administração daquela Unidade Hospitalar, o Hospital Miguel Bombarda abriu-nos as suas portas. Um agradecimento ao Dr. José Matos.

3.2. Psicologia

Registe-se a extraordinária afluência de doentes que procuraram a SAAP, nas consultas de Psicologia Clínica. Mercê do extraordinário sentido de Solidariedade e de Respeito para com os doentes da SAAP, colaboraram nas Consultas as Doutoras Maria de Lourdes Caraça, Ana Braz e Ana Sofia, totalizando um conjunto de 335 consultas, o que significa, de facto, um óptimo resultado em favor dos doentes, a caminho da recuperação na SAAP.

Iniciaram-se consultas de Psicologia Clínica Infantil, na SAAP, sob a responsabilidade da Dra. Ana Sofia Ramada, destinadas a crianças até aos 12 anos, e com o apoio da Dra. Maria de Lourdes Caraça

3.3. Biblioteca Temática

Tornou-se  um forte hábito a consulta à Biblioteca Temática da SAAP, por parte de inúmeros estudantes e de pessoas interessadas na problemática do álcool.

Também recebemos de uma sócia, amiga e colaboradora da SAAP um valioso contributo -oferta de livros e revistas de Psiquiatria, Alcoologia e  Medicina que pertenceram ao distinto médico e sócio da SAAP, já falecido, Doutor Gumerzindo da Silva Neves. Uma enorme saudação de agradecimento à Dra. Maria Celeste Vieira Neves, por tão grata recordação de seu marido à SAAP.

3.4. Escolas

- Escola E.B. 2/3 de Grijó

- Associação de Estudantes da Escola Secundária Vitorino Nemésio – Lisboa

- Escola Profissional de Salvaterra de Magos

- Aluno do Curso de Licenciatura do Serviço Social  da Univ. Católica Portugª

- Agrupamento de Escolas da Comunidade Escolar de Sintra-GNR/Escola Segura

4.Reuniões de Terapia de Grupo 

Em 4 de Fevereiro, na Escola Secundária de Almeirim sobre “Verdades e     Mentiras do Álcool” para um grupo de  20 estudantes do 12º ano.

Em 17 de Fevereiro, na Escola Secundária D. Fernando II, em Sintra, para um grupo de 14 alunos.

Consideramos oportuno mencionar alguns dos testemunhos obtidos junto de dois  alunos do 9º ano desta referida escola, nomeadamente:

a) Esta sessão foi muito boa para nos apercebermos das questões sobre o  álcool. Foi uma boa reflexão sobre como nos devemos comportar nas longas noites que passamos nas discotecas. Gostámos que a “SAAP” tenha vindo à nossa escola para nos dar a conhecer as consequências do alcoolismo.

b) Esta acção de formação foi importante, pois consegui fazer perguntas sobre o álcool que até à data nunca tinha obtido resposta. Aprendi muito, vi os principais conceitos e os problemas que o álcool pode causar. Este tipo de formação devia ser integrado nas escolas do nosso País, visto que somos um dos países com níveis de alcoolismo ao nível mundial.

5.Apoio a Empresas

A SAAP colaborou na prestação de apoio técnico às seguintes empresas:

-   Johnson/ControlsII – Portalegre – Apoio Social aos trabalhadores, liderado pela Dra. Maria de Lourdes Caraça;

-   General Motors Portuguesa – Proposta inicial: Situações de Risco ligadas ao Consumo Abusivo de Álcool no local de trabalho, liderada pela Dra. Ana Braz.

6.Publicações 

Registe-se a ausência da Dra. Maria José Ruivo, por ter passado à situação de reforma, e da Dra. Madalena Reis, por ter terminado o seu contrato de trabalho, e ainda da Dra. Sandra Pinheiro recentemente nomeada para assumir as funções dedicadas à coordenação do Rendimento Mínimo Garantido, da Comissão Local de Acompanhamento “Lisboa Renovada”. Esta técnica já participou em várias reuniões em nome da SAAP e continuará em idêntica representação.

7.Actividades e Serviços da SAAP

Plano Nacional de Saúde – Orientações Estratégicas – Dra. M. Lourdes Caraça

Prevenção Rodoviária Portuguesa – Plano Nacional de Prevenção Rodoviária

Automóvel Club de Portugal – idem

Direcção Geral de Viação – idem

Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco – Santarém

Projecto de “Saúde XXI” – Dra. Ana Brás

Ministério da Saúde – Projecto “Encare”- Rede Nacional Portuguesa

Direcção Geral de Saúde – Rede Alcoológica Nacional

Câmara Municipal de Lisboa

37º Aniversário da SAAP: entrega de “Passaportes de Abstinência”

III Jornadas de Saúde Mental e Justiça (Lisboa)

Seminário “Família: Realidades e Desafios” – INE – Lisboa

Nas instalações da SAAP: Rectificação geral do sistema eléctrico e dos circuitos e equipamentos de emergência, incluindo Quadros, candeeiros e disjuntores.

Montagem do Presépio e Árvore de Natal na Sala de Recepção da SAAP

Assembleia Geral Ordinária para aprovação do Orçamento  e do Programa de Acção para 2005 e Eleição dos Órgãos Sociais para 2005/2006

A Dra. Ana Sofia Ramada iniciou um Estágio  de Psicologia Clínica na SAAP, no período de 1.09.2004 e 31.05.05

Em Dezembro de 2004, foi aceite um pedido de estágio na SAAP, do Psicólogo Clínico Dr. Nuno Monteiro R. Bravo Ferreira.

De 12.10.2004 a 12.11.2004, a Dra. Ana Sofia Ramada realizou um estágio de Psicologia  Clínica no Centro  Regional de Alcoologia do Sul (Lisboa)

8.Presenças da SAAP no Exterior

Em Portugal:

-         Centro Regional de Alcoologia do Centro

-         Alcoólicos Anónimos

-         Hospital Miguel Bombarda – Serv. Alcoologia

-         Assembl. Geral Ordinária do CNIS – UIPSS

-         Escola Super. Enfermagem Calouste Gulbenkian

-         Universidade Lusófona

No Estrangeiro:

-         Conferência da EUROCARE em Varsóvia (Junho/2004: Dr. Aires Gameiro)

9.Reconhecimentos

À SAAP se deve, ao longo dos seus 37 anos, o tratamento, acompanhamento, apoio e Recuperação de centenas de homens, mulheres e jovens que provam ao longo da sua existência, um enorme esforço, teimosia e disponibilidade para atingir estes objectivos. Graças às Instituições e Organismos bem como outros Amigos  da Sociedade Anti-Alcoólica Portuguesa foi possível levar a bom termo e com algum sucesso o resultado do exercício de 2004. Estão nestas condições:

 1.            Ministério da Segurança Social

2.            Centro Regional de Segurança Social de Lisboa

3.            Câmara Municipal de Lisboa

4.            Fundação Calouste Gulbenkian

5.            Mundicenter

6.            Sindicato dos Bancários da Sul e Ilhas

7.            Ministério da Saúde – Direcção Geral de Saúde

8.            Jornal de Leiria

9.            Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

10.        Junta de Freguesia da Pena – Lisboa

11.        Hospital Miguel Bombarda

12.        Centro Regional de Alcoologia do Sul

13.        Casa de Saúde do Telhal

14.        Centro Regional de Alcoologia do Centro

15.        Instituto Nacional de Emergência Médica

16.        Câmara Municipal de Santiago de Cacém

17.        Autarquias, Empresas e Instituições que têm apoiado a SAAP

18.        Aos Associados da SAAP pelo seu contributo para o seu engrandecimento.

19.        Aos doentes tratados e em tratamento que graças à SAAP confiam  na sua

      Recuperação total.

A  TODOS  OS  NOSSOS  RESPEITOSOS  AGRADECIMENTOS

 

Lisboa, 15 de Março de 2005